Archive for Fevereiro, 2006

Os selos mais valiosos do mundo

Fevereiro 24, 2006

Black on magenta

Ano de emissão (1856)

No século XIX na Guiana Britânica, os selos eram trazidos de Inglaterra, mas quando em 1856 o stock de selos no arquipélago se esgotou, o administrador do correios locais viu-se forçado a pedir ao editor de um jornal de Georgetown que procedesse à emissão de uma série para acudir àquela urgência.  Esta série foi constituída por selos de 1 cêntimo (para os jornais) e por selos de 4 cêntimos (para a correspondência) e, ao contrário do habitual, os selos de valor facial igual foram imprimidos em cor e papel iguais. Os selos têm uma forma octogonal e foram impressos com tinta preta sobre papel de cor magenta. Dada a reduzida qualidade da impressão dos selos, o administrador dos correios pediu aos seus funcionários, como medida de segurança, que escrevessem as suas iniciais nos selos antes de os vender. Além de ser um dos selos mais caros do mundo, o Black on Magenta de 1 cêntimo da Guiana Britânica é também um dos mais raros. Em 1970, um exemplar (julga-se que o único) foi adquirido por um coleccionador pelo valor de 240 mil dólares, e cerca de 10 anos mais tarde, o mesmo selo voltaria a ser vendido num leilão por 935 mil dólares. Entretanto, os Black on Magenta de 4 cêntimos da mesma série, têm valores que variam entre os 7 e os 60 mil dólares.

Anúncios

Os selos mais valiosos do mundo

Fevereiro 21, 2006

Post office mauritius

Ano de emissão (1847)

Em 1847, o governador das Ilhas Maurícias, uma colónia britânica no Oceano Índico, decidiu proceder à emissão dos primeiros selos postais daquele território. A escolha para a produção dos dois selos (um de um pence e outro de dois pence) recaiu sobre o relojoeiro da capital Port Louis. Durante a preparação para a impressão dos selos, o relojoeiro, por engano, imprimiu as palavras Post Office em vez de Post Paid. Quando o erro foi detectado, já mais de 200 cópias dos selos tinham sido vendidas. Estima-se que cerca de 30 exemplares desses selos tenham chegado aos nossos dias e o valor de cada uma está estimado em cerca de 600 mil dólares – ou mais, dependendo do estado de conservação de cada exemplar. Em 1993, um conjunto de dois destes selos foi vendido pela quantia de 3.8 milhões de dólares, o valor mais elevado alguma vez pago até essa altura por um item filatélico.

Os selos mais valiosos do mundo

Fevereiro 21, 2006

Sweden three skilling banco, yellow color error

Ano de emissão (1855)

O selo de 3 xelins foi emitido na Suécia em 1855. Graças a um erro, o selo foi imprimido em papel amarelo (que deveria ser usado no selo de 8 xelins) em vez do seu habitual papel verde. Uma cópia desta variedade amarela do selo foi encontrada em 1885 por um jovem sueco na colecção do seu avô. Até hoje, nenhuma outra cópia desse selo foi encontrada, o que torna este exemplar único! Em 1996, um coleccionador anónimo adquiriu essa preciosidade pela espantosa quantia de 2,3 milhões de dólares.

Nota: Em 1776, a divisa sueca era o Daler real (Riksdaler) e este dividia-se em 48 xelins (Skillings) e um xelim dividia-se em 16 runes (Runstycken). Em 1855, têm lugar duas reformas no sistema monetário sueco; a entrada em vigor do Riksdaler Riksmynt e a troca para o sistema decimal em que um Riksdaler Specie é igual a 4 Riksdaler Riksmynt e este igual a 100 öre.

Ouvindo música

Fevereiro 19, 2006

Transatlanticism - death cab for cutie

Transatlanticism – Death Cab For Cutie, 2003

Descobri este disco há relativamente pouco tempo. Um disco sossegado, para tardes sossegadas.

Pérolas na net

Fevereiro 18, 2006

 Os newsgroups são grupos de discussão que permitem, aos utilizadores de todo o mundo, trocar ideias entre si através de mensagens que todos podem ler. São também,  sem dúvida,  uma excelente forma de partilha de conhecimento. Existem muitos programas para subescrever newsgroups. Neste momento, o meu favorito é XanaNews newsreader (atenção, newsreader!). Pequeno, faz aquilo a que se propõe e a cereja no topo do bolo é o facto de ser freeware – embora o autor aceite doações. Mais detalhes sobre as funcionalidades da ferramenta bem como um link para download podem ser encontrados aqui.

Delicatessen

Fevereiro 18, 2006

 Filme de Jean-Pierre Jeunet e Marc Caro. França, 1991.

Delicatessen

Uma comédia mórbida e macabra cuja história gira em volta do habitual romance, que neste caso tem por protagonistas um palhaço de circo que acaba de se reformar e a filha míope de um sinistro talhante. Não é certamente o casal amoroso do dia-a-dia, mas são eles que lideram parte desta aventura salpicada de pormenores geniais. Jeunet voltou a usar alguns desses pormenores dez anos mais tarde com igual sucesso em O Fabuloso Destino de Amélie.

Homens e Mulheres

Fevereiro 16, 2006

Espero q o Matt Groening não se incomode com o facto de eu estar a publicar isto. A propósito, Matt Groening é o criador de (entre outras coisas) The Simpsons.

WOMEN SPEAK IN ESTROGEN AND MEN LISTEN IN TESTOSTERONE
by Matt Groening

RELATIONSHIPS:
When a relationship ends, a woman will cry and pour her heart out to her girlfriends, and she will write a poem titled "All Men Are Idiots". Then she will get on with her life. A man has a little more trouble letting go. Six months after the break-up, at 3:00 a.m. on a Saturday night, he will call and say, "I just wanted to let you know you ruined my life, and I’ll never forgive you, and I hate you, and you’re a total floozy. But I want you to know that there’s always a chance for us." This is known as the "I Hate You / I Love You" drunken phone call, and 99% of all men have made at least once. There are community colleges that offer courses to help men get over this need.

SEX:
Women prefer 30-40 minutes of foreplay. Men prefer 30-40 seconds of foreplay. Men consider driving back to her place as part of the foreplay.

MATURITY:
Women mature much faster than men. Most 17-year old females can function as adults. Most 17-year old males are still trading baseball cards and giving each other wedgies after gym class. This is why high school romances rarely work out.

MAGAZINES:
Men’s magazines often feature pictures of naked women. Women’s magazines also feature pictures of naked women. This is because the female body is a beautiful work of art, while the male body is lumpy and hairy and should not be seen by the light of day. Men are turned on at the sight of a naked woman’s body. Most naked men elicit laughter from women.

HANDWRITING:
To their credit, men do not decorate their penmanship. They just chicken-scratch. Women use scented, colored stationery and they dot their "i’s" with circles and hearts. Women use ridiculously large loops in their "p’s" and "g’s". It is a royal pain to read a note from a woman. Even when she’s dumping you, she’ll put a smiley face at the end of the note!!!

BATHROOMS:
A man has six items in his bathroom-a toothbrush, shaving cream, razor, a bar of Dial soap, and a towel from the Holiday Inn. The average number of items in the typical woman’s bathroom is 437. A man would not be able to identify most of these items.

GROCERIES:
A woman makes a list of things she needs and then goes out to the store and buys these things. A man waits till the only items left in his fridge are half a lime and a beer. Then he goes grocery shopping. He buys everything that looks good. By the time a man reaches the checkout counter, his cart is packed tighter than the Clampett’s car on Beverly Hillbillies. Of course, this will not stop him from going to the 10-items-or-less lane.

CATS:
Women love cats. Men say they love cats, but when women aren’t looking, men kick cats.

LAUNDRY:
Women do laundry every couple of days. A man will wear every article of clothing he owns, including his surgical pants that were hip about eight years ago, before he will do his laundry. When he is finally out of clothes, he will wear a dirty sweatshirt inside out, rent a U-Haul and take his mountain of clothes to the laundromat. Men always expect to meet beautiful women at the laundromat. This is a myth perpetuated by re-runs of old episodes of "Love, American Style."

THE TELEPHONE:
Men see the telephone as a communication tool. They use the telephone to send short messages to other people. A woman can visit her girlfriend for two weeks, and upon returning home, she will call the same friend and they will talk for three hours.

RICHARD GERE:
Women like Richard Gere because he is sexy in a dangerous way. Men hate Richard Gere because he reminds them of that slick guy who works at the health club and dates only married women.

MADONNA:
Same as above, but reversed. Same reason.

LOCKER ROOMS:
In the locker room men talk about three things: money, football, and women. They exaggerate about money, they don’t know football nearly as well as they think they do, and they fabricate stories about women. Women talk about one thing in the locker-sex. And not in abstract terms, either. They are extremely graphic and technical, and they never lie.

MOVIES:
Every actress in the history of movies has had to do a nude scene. This is because every movie in the history of movies has been produced by a man. The only actor who has ever appeared nude in the movies is Richard Gere. This is another reason why men hate him.

TIME:
When a woman says she’ll be ready to go out in five more minutes, she’s using the same meaning of time as when a man says the football game just has five minutes left. Neither of them is counting time outs, commercials, or replays.

FRIENDS:
Women on a girl’s night out talk the whole time. Men on a boy’s night out say about twenty words all night, most of which are "Pass the Doritos or Got any more beer?"

RESTROOMS:
Men use restrooms for purely biological reasons. Women use restrooms as social lounges. Men in a restrooms will never speak a word to each other. Women who’ve never met will leave a restroom giggling together like old friends. And never in the history of the world has a man excused himself from a restaurant table by saying, "Hey, Tom, I was just about to take a leak. Do you want to join me?"

Provérbios e adivinhas

Fevereiro 15, 2006

"As surpresas acontecem quando menos se espera"

É bem verdade, de outro modo, não seriam surpresas. Centenas de provérbios e adivinhas, milhares de citações, tudo em língua portuguesa! Conferir aqui.

Nijmegen

Fevereiro 14, 2006

Nijmegen é a mais antiga cidade da Holanda com cerca de 2000 anos e fica situada na província de Gelderland, junto à fronteira com a Alemanha, nas margens do rio Waal (Valão). A cidade foi fundada pelos romanos (o seu nome original é Ulpia Noviomagus, que significa “novo mercado”) junto às ruínas de uma colónia Batava – Oppidum Batavorum – e ao longo da sua história, dada a sua importante localização estratégica, foi local de acolhimento para vários reis e palco de importantes acontecimentos. No século VIII, Carlos Magno tornou-se dono do “Forte de Nijmegen” e nesse local viria a erigir o seu palácio. Durante o século XII, foi o imperador alemão Frederico Barbarossa que construiu a sua fortaleza na cidade. As “ruínas de Barbarossa” podem ainda ser vistas no Valkhof Park. Mais tarde, na última metade do século XVII, foram assinados em Nijmegen os tratados que puseram fim à Guerra Holandesa travada por Louis XIV de França. Já no século XX, durante a II Guerra Mundial, a cidade sofreu um bombardeamento lançado por engano pelas tropas aliadas que vitimou 800 pessoas. Alguns meses mais tarde, em Setembro de 1944, a cidade foi libertada numa operação que culminaria na libertação de toda a parte sul da Holanda. Após o final da Grande Guerra, a cidade e o seu centro foram reconstruídos tendo contudo os seus monumentos sido preservados.
Actualmente, Nijmegen é um importante centro industrial beneficiando de privilegiadas vias fluviais e ferroviárias. A cidade tem mais de 150000 habitantes, dos quais cerca de 20% são estudantes nas universidades da cidade.

O Blog

Fevereiro 11, 2006

    Começa aqui o meu primeiro contacto com o mundo dos blogs. O tempo dirá se este contacto será curto ou longo, se será regular ou esporádico. Em qualquer dos casos, vou tentar fazer dele uma oportunidade para partilhar alguns dos meus interesses e algumas das minhas descobertas com… o mundo. Assuntos como software, filmes, música, livros, viagens (ou simplesmente passeios), entre outros, vão ter presença garantida nos meus posts. Assim o ânimo e a coragem que me levaram a dar o primeiro passo, me acompanhem ao longo da caminhada.