Creatividade fiscal

A propósito deste post do Luiz Carvalho no INSTANTE FATAL, lembrei-me da história que ouvi de o governo holandês ter em tempos posto a hipótese de cobrar imposto sobre as milhas dos cartões de passageiro frequente das companhias aéreas. Se a moda pega, é uma questão de tempo até chegarmos aos cartões de fidelização dos supermercados e dos vendedores de combustíveis e às gorjetas no café.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: