Faça-se luz

A propósito da recente notícia que refere que o número de vítimas mortais em acidentes de viação é maior este ano do que em igual período do ano passado, lembrei-me deste post que fiz há mais de um ano e que se refere a estudos realizados em vários países acerca do uso de luzes de cruzamento (médios) durante o dia. Esses estudos indicavam uma redução de cerca de 15% da sinistralidade rodoviária graças ao uso de luzes de cruzamento durante o dia. Estudos mais recentes adiantam reduções ainda maiores da sinistralidade (exemplos mencionados aqui e aqui). O tema parece merecer alguma atenção em vários países europeus, mas em Portugal ainda não faz parte das sugestões que os agentes da autoridade oferecem nas épocas que propiciam números elevados de deslocações de automóvel . Normalmente os conselhos são a moderação da velocidade, a condução à direita, a abstinência em relação ao álcool, etc. Estes conselhos são sem dúvida válidos e necessários, mas não seria ir longe demais sugerir aos automobilistas o uso das luzes de cruzamento, mesmo quando circulam durante o dia. O assunto é referido como um dos objectivos prioritários do Plano Nacional de Prevenção Rodoviária, mas essa condição não se reflecte ao nível das campanhas na comunicação social.

Existem várias razões pelas quais o uso de luzes de cruzamento sempre que se conduz aumentam a segurança na estrada. Eu identifico estas:

  1. Facilidade de distinção entre veículos estacionados e veículos em circulação;
  2. Aumento da visibilidade dos veículos em situações em que o sol se encontra baixo (ao amanhecer e ao anoitecer);
  3. Aumento da visibilidade dos veículos que circulam em zonas alternadas de sol e de sombra;
  4. Aumento da visibilidade de veículos de cores neutras.

Cerca de dois anos após a entrada em vigor do novo código da estrada, do qual resta a memória da obrigatoriedade de aquisição dos coletes reflectores e do aumento dos valores das multas, seria talvez útil aproveitar uma medida que tem mostrado resultados positivos nos vários países onde foi implementada.

Notas:

Neste site pode encontrar-se uma campanha lançada por um grupo de cidadãos em Espanha com bastante informação e referências relacionadas com a segurança rodoviária em geral e o uso de luzes durante o dia em particular.

Neste fórum (em português) encontram-se vários entusiastas do uso de luzes de cruzamento durante o dia, mas a sua estratégia passa essencialmente pela repetição exaustiva de apelos ao uso das luzes.


Technorati : ,

Uma resposta to “Faça-se luz”

  1. 2011 – O ano das luzes « Alibi Says:

    […] relacionados: Prevenção Rodoviária Faça-se luz Technorati : Segurança Rodoviária,Código da […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: