Archive for Setembro, 2008

Desenvolvimento de Software

Setembro 25, 2008

Recebido por e-mail.

Anúncios

2011 – O ano das luzes

Setembro 24, 2008

Segundo noticia o JN, a Comissão Europeia vai exigir que a partir de Fevereiro de 2011 todos os veículos ligeiros novos estejam equipados com luzes de circulação diurnas. A medida visa aumentar a segurança rodoviária. Esta é uma medida que saúdo e com a qual concordo plenamente.

Infelizmente, e de acordo com esta notícia, a nova Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária 2008-2015 parece (tal como as anteriores revisões) dar maior relevo a alterações ao Código da Estrada que vão no sentido de reprimir os condutores, do que à adopção de medidas de prevenção com resultados comprovados em outros países.

Posts relacionados:

Prevenção Rodoviária
Faça-se luz

Assalto a repartição de finanças

Setembro 19, 2008

Depois desta, já não deve faltar tudo para um assalto ao Palácio de São Bento ou ao Palácio de Belém. Caso cheguem à barra da justiça, terão os assaltantes direito aos proverbiais cem anos de perdão?

Ideias para um futuro sustentável

Setembro 9, 2008

Chips

Setembro 6, 2008

Está a circular na internet uma petição contra a colocação obrigatória de chips de vigilância nas matrículas dos veículos automóveis. Esta história dos chips nas matrículas não parece estar devidamente esclarecida. O Governo diz que se trata de um sistema inofensivo que servirá para as forças de segurança terem acesso à informação sobre a inspecção periódica e seguro automóvel dos veículos, para reconhecimento de veículos acidentados ou abandonados e, eventualmente, para a cobrança de portagens e outras taxas rodoviárias. Há porém quem suspeite de que este sistema dará ao Governo (a este ou a outro que o siga) a possibilidade de invadir a privacidade dos cidadãos e que será uma questão de tempo até que o faça. Não consigo deixar de achar legítimas estas suspeitas, é que, actualmente, para saber quais são os veículos que circulam sem seguro automóvel ou sem inspecção válida, os agentes da autoridade só têm consultar as bases de dados a partir dos computadores portáteis de que estão munidos. Provavelmente, podem também saber se o proprietário tem os impostos do veículo em dia ou se tem alguma multa pendente. Na melhor da hipóteses, com o sistema dos chips, esta operação poderia ser feita alguns segundos mais rápido e para um número maior de veículos, mas tendo em conta a habitual morosidade nos processos de cobranças de multas de trânsito, qual seria o verdadeiro ganho? Quanto ao pagamento de portagens, já existe em Portugal, há perto de duas décadas, um sistema de cobrança de portagens automático que os cidadãos têm a liberdade de adquirir. Será que, obrigando todos os veículos a usar o novo chip, nos preparamos para deixar de ter portageiros?  Relativamente à identificação de veículos acidentados ou abandonados, não acredito que o número de casos em que é impossível identificar um veículo pela sua matrícula convencional justifique a introdução de um novo sistema.

Tenho para mim que as razões apresentadas para a inclusão de um chip electrónico nas matrículas dos veículos automóveis não o justificam de todo, levando-me mais a acreditar que se tratará de mais um investimento do estado destinado a dar muito dinheiro dos contribuintes a ganhar aos parceiros privados que, afortunadamente, forem seleccionados para o implementar, além de que será uma porta que se abre através da qual o estado, eventualmente, se sentirá tentado a intrometer-se na vida dos cidadãos. Acho que podemos todos passar bem sem mais este chip.

Technorati :

Google Chrome

Setembro 2, 2008

Não se fala noutra coisa. É aqui, ali, ali, acolí (com os primeiros screenshots)… por toda a parte. E muitos outros sítios se seguirão. Esta entrada da Google na “guerra dos browsers” promete trazer algumas inovações interessantes, senão ao nível da interface com o utilizador, pelo menos ao nível da interface com o sistema operativo (uma original descrição do Google Chrome pode ser vista aqui). De início, o Google Chrome vai estar disponível apenas para os utilizadores de sistemas operativos da Microsoft, mas estão também em desenvolvimento versões para Linux e para Mac. A expectativa em torno deste lançamento parece ser grande, mas talvez o facto de o anúncio da existência do Google Chrome ter sido feito antes do tempo previsto pode significar que a aplicação ainda não tem maturidade suficiente para ser publicada… ou será que toda a história do anúncio acidental é uma estratégia de marketing para atraír (ainda) mais atenções? Seja qual for o caso, vou instalar à primeira oportunidade.

Technorati Tags: ,,

Save Miguel

Setembro 2, 2008

 

 

Este vídeo com o Rob Schneider faz parte de uma campanha lançada pela corticeira Amorim a fim de promover os benefícios ambientais e de sustentabilidade do uso da cortiça em geral. Mais informações sobre a campanha aqui.